Tiago "Cowboy"  é acusado pelo assassinato de Pedro Epifãnio
Tiago “Cowboy” é acusado pelo assassinato de Pedro Epifãnio

Tiago Fogaça Leal Rosa, de 25, mais conhecido por “Cowboy” foi preso por policiais do Serviço de Investigação e Captura da Polícia Civil (Sevic), em Vilhena.

Tiago é suspeito de ter matado a tiros o dono do “Bar Nós Travamos” Pedro Epifânio da Costa. Crime ocorrido em seu estabelecimento localizado na Rua Augusto Nicolielo, no bairro Bodanese, no dia 17 de novembro de 2014. Na ocasião um cliente identificado como Weliton Schaida de Souza, de 23 anos, também foi alvejado.

Após o homicídio e a tentativa, testemunhas relataram que “Cowboy” seria o atirador. As investigações colocaram o acusado na cena do crime.

Com isso, o delegado que preside o inquérito policial pediu a prisão do acusado, onde foi deferida pelo magistrado.

Portando, na manhã desta terça-feira, 24, o mandado de prisão contra “Cowboy” foi cumprido pela Polícia Civil. Ele foi detido quando caminhava tranquilamente pelo bairro Cristo Rei.

http://www.extraderondonia.com.br/2014/11/18/dono-de-bar-baleado-morre-na-uti-2/

 

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO