O rio é uma das principais atrações turísticas da região sul de Rondônia
O rio é uma das principais atrações turísticas da região sul de Rondônia

Uma família do município de Cerejeiras viveu momentos de tensão no Rio Guaporé no último sábado, 28. O barco em que a família estava bateu em algo que eles não souberam dizer exatamente o que era e jogou todos os tripulantes na água. Na embarcação havia dois casais, um deles composto por uma vilhenense que não sabe nadar, e aceitou participar do passeio para passar um tempo junto com a família do namorado, que há décadas trafega pela rio.

Com todas as pessoas já na água, o motor da embarcação permaneceu ligado, e o meio de locomoção aquático fazia círculos na água. Colocando em risco quem ainda estava por perto. A vilhenense contou que pelo fato de não saber nadar tentou manter a calma e mexia os pés e as mãos para tentar ficar pelo menos com a cabeça pra fora da água. De longe ela relata que via o namorado, bem como o pai e a mãe dele, tentar retomar o controle da situação.

O rapaz conseguiu voltar ao barco e desligou o motor. Ao perceber que a namorada estava longe, voltou pra água mais uma vez para prestar auxílio. O pai e a mãe do garoto tiveram ferimentos leves, e ele machucou a costela por conta de toda a movimentação. A vilhenense que estava na embarcação contou que os momentos de angústia duraram cerca de meia hora, desde quando foram jogados, até o controle total do veículo, que ficou parcialmente imerso depois que o motor foi desligado.

Os quatro foram socorridos e levados para a unidade pública do município de Pimenteiras do Oeste, e logo em seguida transferidos para Vilhena. O rapaz que conseguiu controlar o barco engoliu muita água e vomitava muito. O tempo ameno contribuiu para deixar a situação ainda mais tensa. A família deu entrada no hospital com início de hipotermia.

Todos já retomaram suas rotinas e estão fora de perigo. A informação do acidente chegou ao Extra de Rondônia na manhã desta terça-feira, 31, através de fontes da página eletrônica no município que faz divisa com a Bolívia. Os envolvidos no caso pediram sigilo de suas identidades. Não há registro de ocorrência sobre o assunto.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Ilustração

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO