Reparos em posto de saúde inutilizam vacinas, medicamentos e danificam documentos

Arquivado em: Conesul |

No final de semana a secretaria municipal de Saúde de Pimenteiras determinou que uma empreiteira que construiu um posto de saúde realizasse ajustes no prédio, mas esqueceram de comunicar o fato aos servidores da unidade.

Os peões fizeram aquela sujeirada que sempre acontece em obras sem que os medicamentos, vacinas, materiais de trabalho e documentos do posto de saúde tivessem sido protegidos. O resultado na segunda-feira foi o caos.

Os funcionários chegaram no local de trabalho e encontraram tudo bagunçado e sujo. Muita coisa teve que ser jogada fora, incluindo vários lotes de vacina. Como a obra ainda não havia terminado, o posto teve atendimento suspenso até o final do serviço, sobrecarregando o hospital da cidade.

Funcionários que trabalham na unidade denunciaram a situação ao Extra de Rondônia, considerando que o acontecimento foi de um amadorismo fora de série.

O site deixa espaço aberto as autoridades municipais para explicar o que aconteceu na ocasião.

Fonte: Extra de Rondônia

Foto: Divulgação

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO