Com 80 vagas, Concurso Público da SEPOG é retificado

Arquivado em: Classificados e Concursos |

Com vagas que exigem diferentes níveis de escolaridade, o Concurso Público da Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão de Rondônia (SEPOG – RO) foi retificado.

No edital consta mudança na unidade de lotação do cargo de Técnico em Políticas Públicas e Gestão Governamental, que passará a ser ocupado na SEPOG e também na SEAE.

Além disso, ocorreu alterações no conteúdo programático referentes às provas objetivas. Para mais informações, basta consultar os editais disponibilizados em nosso site.

As 71 oportunidades de ampla concorrência e as nove vagas exclusivamente destinadas às pessoas com deficiência estão distribuídas entre os cargos de: Técnico em Políticas Públicas e Gestão Governamental (6); Técnico em Tecnologia da Informação e Comunicação (40); Analista de Planejamento e Finanças (6); Especialista em Gestão Pública e Gestão Governamental (10); e Analista em Tecnologia da Informação e Comunicação (18).

Em Porto Velho, nas unidades SEPOG, SEFIN e SEAE, os profissionais de nível médio/técnico e superior irão atuar em jornada de 40h semanais com salários que variam entre R$ 3.191,90 e R$ 7.173,80, sendo acrescidos de benefícios legalmente aplicáveis.

Os interessados têm até o dia 6 de setembro de 2017, às 16h, para realizar a inscrição no site fgvprojetos.fgv.br, mediante pagamento das taxas de R$ 78,00 ou R$ 100,00, conforme a vaga pretendida.

Possivelmente no dia 22 de outubro de 2017, das 15h às 19h, vão ser aplicadas provas objetivas. Este certame terá validade de dois anos.

Somente os candidatos dos cargos de nível superior serão submetidos à avaliação de títulos. Neste caso, os documentos comprobatórios devem ser entregues em no máximo até dois dias posteriores ao período final de inscrição.

Autor: Karina Felício

Foto: Divulgação

léo e raphael
COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO