Peão esfaqueia colega e só percebe a morte do mesmo no dia seguinte

Arquivado em: Policial |

 

O crime ocorreu na noite de domingo, 03, em uma fazenda localizada na linha 85, no Guaporé, distrito de chupinguaia, onde dois peões se envolveram em uma discussão e um acabou morto.

Segundo o denunciante, que é proprietário da fazenda, ele teria chegado em sua propriedade na manhã de segunda feira, 04, e ficado sabendo do ocorrido, momento em que acionou uma guarnição da Polícia Militar.

Em contato com o agente do crime, que estava no local em companhia das testemunhas, os policiais foram informados de que na noite anterior todos ingeriam bebida alcoólica, quando a vítima, Vilmar Herbst, de 39 anos, se envolveu em uma discussão com o agente de 34 anos e se apossou de um pedaço de madeira, a fim de agredir o mesmo.

Diante da ameaça, o agente se apossou de uma faca e desferiu um golpe no abdômen de Vilmar, que caiu e ali permaneceu.

Ainda segundo o agente e as testemunhas, devido o barraco no qual se encontravam não ter iluminação, não puderam constatar a gravidade do ferimento, tomando ciência da morte de Vilmar somente ao amanhecer.

Diante dos fatos, o agente recebeu voz de prisão e foi conduzido na tarde de segunda-feira até a Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP) de Vilhena para o registro da ocorrência.

O corpo de Vilmar, mais conhecido como “Guelo”, natural de Santa Luzia do Oeste, foi liberado para uma funerária também de Vilhena.

Fonte: Extra de Rondônia

Fotos: Ilustrativa


COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO