Certificação digital agora ficou mais fácil para os empresários de Rondônia

Arquivado em: Geral |

 

Fecomércio Rondônia, em parceria coma Certising, torna possível se ter documentos eletrônicos confiáveis

O Certificado Digital é a identidade digital da pessoa física e jurídica no meio eletrônico. Ele garante a autenticidade, confidencialidade, integridade nas operações realizadas por meio dele, atribuindo validade jurídica.

Na prática, o certificado digital funciona como uma identidade virtual que permite a identificação segura e inequívoca do autor de uma mensagem ou transação feita em meios eletrônicos, como a web.

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Rondônia (Fecomércio-RO), em parceria com a Certising, autoridade certificadora líder de mercado especialista em identificação digital, já iniciou o serviço de emissão de Certificado de Digital a empresários do Estado.

O grande benefício da certificação é identificar no meio eletrônico, o que permite que diversos serviços sejam realizados sem a necessidade da presença física, o que significa: agilidade nos processos, sustentabilidade e redução de custos. Como esclareceu o presidente da Fecomércio-RO, Raniery Coelho, “no mundo dos negócios, tempo é dinheiro. A revolução tecnológica permite negócios rápidos, mas é importante que essa celeridade esteja acompanhada de segurança jurídica daquilo que está sendo negociado”.

A Federação investiu em treinamento de servidores e tecnologia nos últimos meses para oferecer mais um serviço de qualidade aos empresários como forma de garantir sigilo, agilidade e validade jurídica das empresas. E, agora, já é possível ter seu documento eletrônico gerado e assinado por uma terceira parte confiável, ou seja, uma Autoridade Certificadora – AC através de regras estabelecidas por um Comitê Gestor garantindo ao associado (no caso a Fecomércio-RO) a um par de chaves criptográficas.

A certificação digital é uma ferramenta que permite a realização de uma série de aplicações (feitas de forma virtual) como comércio eletrônico, assinatura de contratos digitais, operações bancárias virtuais, iniciativas de governo eletrônico.Em outras palavras, a certificação permite transações feitas de forma virtual, sem a presença física do interessado, mas que demandam identificação clara da pessoa que a está realizando pela internet como, por exemplo, e-CPF e-CNPJ NF-e (Nota Fiscal Eletrônica) CT-e (Conhecimento de Transporte eletrônico)

Texto: Assessoria

Foto: Ilustração

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO