Esse é o Plano – 728×90

 

No dia, 02 de abril, acontecerá no auditório da Secretaria Regional de Controle Externo em Vilhena o “1º Encontro Técnico do Profaz 2018”.

A solenidade contará com a participação de autoridades representantes das instituições envolvidas no Programa de Modernização e Governança das Fazendas Municipais e do Desenvolvimento Econômico-Sustentável dos Municípios de Rondônia (Profaz), Tribunal de Contas do Estado de Rondônia (TCE-RO), Governo do Estado, Assembleia Legislativa, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Associação Rondoniense dos Municípios (Arom), União das Câmaras e Vereadores de Rondônia (Ucaver) e Fundação Universidade Federal de Rondônia (Unir).

Já no período da tarde o evento terá sequência na Regional do TCE-RO com palestras para os gestores públicos e legisladores municipais, envolvendo assuntos referentes aos eixos temáticos do Profaz.

Também serão realizados na Faculdade Unesc em Vilhena, no período da tarde do dia, 02, e ao longo de toda semana, oficinas sobre assuntos que integram o Profaz, a exemplo de atualização das Leis Orgânicas; controle interno; planejamento estratégico; gestão do Valor Adicional Fiscal (VAF); gestão de IPTU; gestão e controle do Simples Nacional; Sistema NFS, modelo Profaz; e contribuição para custeio da iluminação pública.

Essas capacitações são destinadas especificamente aos prefeitos e demais gestores públicos dos 52 municípios do Estado, além de técnicos fiscais, tributários e servidores das procuradorias municipais de Rondônia.

E para quem quiser participar, as inscrições já estão abertas e podem ser realizadas na página da Escola Superior de Contas no portal do TCE-RO.

Texto: Assessoria

Fotos: Divulgação

Fhemeron 468x60px
Esse é o Plano – 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO