Com dinheiro de emenda de deputado, quartel da PM de Corumbiara será estruturado

Arquivado em: Conesul |

 

O deputado Jesuíno Boabaid (PMN) informou que na última terça-feira, 10, chegaram ao município de Corumbiara os materiais adquiridos, através de emenda de autoria do parlamentar, que serão utilizados na estruturação do Quartel da Polícia Militar do município.

De acordo com o parlamentar, a base será totalmente reformada e o prazo de finalização da obra é de 60 dias, segundo o comandante do quartel, capitão PM Ivan Viam.

“Há pouco menos de 30 dias, o município corria sérios riscos de ficar sem a presença permanente da PM, uma vez que o prédio que está instalado o quartel ia ser desocupado, pois pertence à Secretaria Municipal de Educação”, ressaltou o deputado.

Boabaid explicou que, após receber uma série de pedidos da sociedade local por meio de seus assessores, ele foi até o município e, através de um acordo com o prefeito Laércio Marchini (PDT) garantiu a reforma de um prédio ao lado do atual, onde será inaugurada a nova base da Polícia Militar.

Presidente da Comissão de Segurança Pública da ALE, Jesuíno destacou a importância da permanência da PM na localidade, região de frequentes conflitos agrários que resultaram em mortes e também por ser uma região de fronteira, corredor para tráfico de drogas, armas e outros produtos ilícitos.

O prefeito Marchini e o comandante Viam agradeceram o empenho do deputado Jesuíno Boabaids e ressaltaram que quem ganha com o apoio do parlamentar é a sociedade que estará mais segura, pois a presença da polícia inibe a ação de criminosos.

De acordo com o deputado, o início dos serviços está programado para a próxima semana, sendo aguardada a disponibilidade de mão de obra de militares e de apenados. O parlamentar assegurou junto ao governo o aumento do efetivo na região, que também é muito carente.

Texto e Foto: Assessoria

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO