mercado paulista

Pintor acusado de estuprar garotos através de coação é preso em Vilhena

Arquivado em: Policial |

 

Na última sexta-feira, 13, o pintor Carlos Lima Loiola, de 47 anos foi preso pelo núcleo de investigação da Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher (DEAM) de Vilhena, após ser denunciado por dois adolescentes de 14 e 16 anos, por estupro.

De acordo com a delegada Solângela Guimarães, que concedeu uma coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira, 16, o infrator usava de persuasão para ter acesso a fotos íntimas das vítimas, e após o feito, as coagia dizendo que iria mostrar para seus pais e amigos se estes não aceitassem manter relações sexuais com ele.

Ainda segundo a delegada, com um dos adolescentes, Carlos usou uma foto que retirou da internet, para intimidá-lo, afirmando que diria a seus pais que a mesma era do menor, conseguindo assim, convencê-lo a ir até sua residência, onde os atos eram praticados, no período em que sua esposa estava no trabalho e seu casal de filhos, também adolescentes, na escola.

Devido às vítimas serem selecionadas pelo pintor dentro do grupo de amigos do próprio filho e um não ter conhecimento das agressões sofridas pelo outro, a delegada acredita que possa haver mais jovens aliciados e até mesmos abusados, sendo o único motivo da divulgação do caso e da imagem do suspeito à imprensa, encorajar os mesmos para que denunciem.

Por fim, a delegada deixou um apelo às crianças e adolescentes que possam vir a passar por esse tipo de situação, que caso recebam qualquer tipo de coação, não cedam e comuniquem imediatamente seus responsáveis ou procurem a delegacia, sob a segurança de terem suas identidades mantidas em sigilo.

Carlos, que aguardará o julgamento preso, foi indiciado duas vezes pelo crime de estupro e uma por estupro de vulnerável, devido o fato de uma das vítimas ter apenas 12 anos quando os abusos tiveram início. Os adolescentes foram submetidos a exames de corpo de delito, que comprovaram as agressões estão sendo acompanhados por psicólogos.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Divulgação DEAM

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO