Estamos em guerra 728×90

 

 

Na manhã desta terça-feira, 24, o Extra de Rondônia recebeu a denúncia de que o “Abatedouro Almeida” localizado na BR-435 entrada de Colorado está realizando suas atividades sem a inspeção obrigatória.

De acordo com os denunciantes o serviço de vistoria deve ser realizado pela prefeitura do município, mas devido à falta de transporte a atividade deixou de ser feita.

Cabe pontuar que nesta manhã houve abate de vários suínos, que não passaram pela fiscalização e estão sem carimbos, e que já até foram distribuídos a supermercados e açougues da cidade.

Tais atividades são tidas como crime perante o decreto de Lei nº 28/84 de 20-01-1984, sendo contra a economia e contra a saúde pública, configurado no artigo 22.º como abate clandestino, possuindo uma pena de 3 anos mais a multa, valendo também para quem adquire o produto, com pena de 1 ano e multa.

A equipe do jornal buscou contato com a prefeitura de Colorado, com o proprietário do abatedouro e alguns inspetores que ou não quiseram se manifestar a respeito do assunto, ou não atenderam ao telefone. Diante dos fatos, o site deixa espaço aberto para caso alguns dos envolvidos queiram se manifestar.

carne abatida nesta terça-feira, 24, sem inspeção

Texto: Extra de Rondônia

Fotos: Divulgação

Estamos em guerra 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO