unesc

Presidente do PSC constata irregularidade em Ata e nega coligação com Japonês

Arquivado em: Política |

Marcelo de Farias

Marcelo de Farias, presidente do diretório municipal do Partido Social Cristão (PSC), em Vilhena, solicitou a reportagem do Extra de Rondônia para rebater informações incluídas no edital de convenção da coligação “Trabalho, Respeito e Verdade Já!”, que tem Eduardo Japonês (PV) como candidato a prefeito.

De acordo com o líder partidário, o PSC nunca assinou essa ata de convenção. “Ninguém sabia nada e ninguém do PSC de Vilhena participou desse evento político”, explica.

Na ata de convenção registrada no dia 5 de maio, conta o PSC como um dos partidos que aprovou “por unanimidade” o nome de Japonês como candidato a prefeito. “Não sei como isto aconteceu”, revela.

Marcelo afirmou que o PSC apoia a candidatura de Rosani Donadon (MDB). O apoio foi selado em reunião com a presença da própria candidata e os líderes da agremiação.

Além de Marcelo, esteve presente o vice-presidente municipal, Reginaldo Valladares e a suplente Elaine Santana.

O site deixa espaço à disposição da coligação citada para eventual esclarecimento.

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

 

 

COMUNICADO: Respeitando a legislação eleitoral, o EXTRA DE RONDÔNIA retirou do ar o sistema de comentários através do Facebook. O objetivo da iniciativa é evitar problemas jurídicos devido a possíveis ataques de internautas contra candidatos. Agradecemos a compreensão.

A DIREÇÃO