unesc

Foragido da justiça agride e tenta roubar arma de militares da Força Tática durante recaptura

Arquivado em: Policial |

 

A recaptura de Everton Willian Marcelino, de 24 anos, ocorreu na noite de terça-feira, 15, em uma residência localizada no Jardim Eldorado, em Vilhena, após um jovem, que teve a residência furtada, chamar a polícia e indicar o mesmo como autor do crime.

Diante da denúncia da vítima, os militares da Força Tática, que já tinham conhecimento de um mandado de prisão contra Everton, se dirigiram até a residência de Elizeu Miguel de Moura, de 35 anos, onde o suspeito havia se refugiado e o flagraram no interior do imóvel, negociante os produtos do furto.

Ao avistar os militares, Everton tentou fugir, mas foi contido, momento em que começou a desferir socos e chutes contra os policiais e ainda tentou se apossar da arma de um deles.

Devido à agressividade de Everton, este foi algemado e sua esposa empurrou alguns militares na tentativa de libertá-lo, sendo detida por desobediência, porém, não foi necessário o uso de algemas.

Após se acalmar, Everton acabou confessando o furto e a venda dos produtos para Elizeu, que por sua vez, não resistiu à ação dos militares e confessou ter adquirido os objetos para revenda, entregando espontaneamente, um rifle 5,5 que tinha guardado debaixo de um colchão e uma TV e outros pertences da vítima, que estavam enrolados em um cobertor e escondidos atrás do imóvel.

Diante dos fatos, os três envolvidos foram conduzidos até a Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) para o registro dos flagrantes.

Texto e fotos: Extra de Rondônia

COMUNICADO: Respeitando a legislação eleitoral, o EXTRA DE RONDÔNIA retirou do ar o sistema de comentários através do Facebook. O objetivo da iniciativa é evitar problemas jurídicos devido a possíveis ataques de internautas contra candidatos. Agradecemos a compreensão.

A DIREÇÃO