Médicos com salários atrasados e falta de medicamento faz vereadora reagir em tribuna

Arquivado em: Política |

 

Na sessão da câmara de terça-feira, 12, a vereadora Vera “da Farmácia”, durante seu discurso na tribuna, defendeu sua indicação referente à aquisição de medicamento trombolítico e anticoagulante, para o Hospital Regional de Vilhena e aproveitando a oportunidade, solicitou a presidência da câmara, que verificasse junto a Secretaria Municipal de Saúde, o atraso salarial de 18 médicos da referida unidade.

Vera, que relatou ter sido abordada por um médico que foi contratado pelo processo seletivo 02/2018, que se queixou de estar com seu salário atrasado, levantou por conta que mais 17 também não tinham recebido  e afirmou não ter a intensão de criticar a gestão de Adilson de Oliveira nem pela menção dos atrasos, nem pela indicação da compra dos medicamentos acima citados, que são de extrema importância para a prevenção de infarte.

Ainda segundo a vereadora, sua intenção é não deixar que o atraso salarial destes médicos, se torne uma bola de neve como era em 2016, quando a mesma tomou posse no lugar de alguns vereadores cassados e que as sessões da câmara eram repletas de médicos com cartazes solicitando seus pagamentos, que se encontravam atrasados há meses.

 

Texto e foto: Extra de Rondônia

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO