Diretora esclarece boatos sobre indicações de pacientes no setor de pré-parto do Hospital Regional

Arquivado em: Geral |

 

Após receber informações de que pacientes do setor de pré-parto do Hospital Regional de Vilhena, estariam “furando fila” devido terem conheciments com médicos, enfermeiras e políticos, a reportagem do site procurou a diretora da unidade, Ana Carla, para esclarecer os fatos.

De acordo com Ana, o que vem acontecendo de fato, é que algumas pacientes, por terem preferência em serem atendidas por um referido médico, acabam dormindo na fila do setor de pré-parto, devido às consultas e cesárias serem realizadas por ordem de chegada. Com isso, muitas pacientes não entendem, que independentemente das mesmas terem passado horas no local, as gestantes que já chegam à unidade com dores ou bolsas rompidas, precisam ser atendidas preferencialmente.

“Não há de forma alguma, privilégios para pacientes por conhecimento com uns e outros e se alguma gestante ficar sabendo de algo referente a isso, pode procurar a diretoria da unidade e denunciar, que as informações serão apuradas no ato da consulta”, afirmou Ana.

Sobre a questão de preferência por parte das pacientes em serem atendidas por médicos específicos, a diretora esclareceu, que é uma demanda que tem causado problemas, pois foi o que deu origem a discussão que terminou em agressão de uma gestante contra uma acompanhante, no final da manhã de quarta-feira, 13, pois a paciente que estava na vez, não quis ser atendida pelo profissional que estava disponível, preferindo esperar outro que estava realizando uma cessaria, cedendo sua vaga para uma grávida que estava com dores e isso desagradou uma acompanhante, que lhe rogou uma praga, dando início à confusão.

Para solucionar o problema, Ana Carla afirmou estar estudando um projeto de adequação de uma sala do hospital com acentos mais cômodos, exclusivamente para acomodar as gestantes, onde cada uma assinará um livro, anotando o nome e a hora de chegada, para evitar tumultos nos corredores e que uma passe na frente da outra, caso alguma paciente tenha que se ausentar para ir ao banheiro ou tomar água.  Já as pacientes em trabalho de parto serão levadas diretamente para a recepção do pré-parto, devido à emergência.

Texto e fotos: Extra de Rondônia

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO