mercado paulista

Com fezes e urina no chão, banheiro público vira abrigo de usuário de drogas em Vilhena

Arquivado em: Policial |

O designer Cristhian Sandoval enviou à redação do Extra de Rondônia fotos que comprovam o abandono de um banheiro público localizado na praça Ângelo Spadari, no centro de Vilhena.

O espaço está sujo com fezes espalhadas pelo chão. No ar, o cheiro forte de urina. Sandoval constatou a precariedade ao ir ao local na manhã desta sexta-feira, 13.

“Fui ao local e comprovei a situação de abandono, em especial do banheiro masculino, que se encontrava com fezes e urina desde a porta de entrada”, relatou.

Sandoval também disse que, devido a restos de cigarros e outros produtos encontrados, o local serviria de abrigo para usuários de drogas.

“O cheiro estava insuportável, de embrulhar o estômago. Ficamos imaginando uma mãe, ao precisar levar uma criança para usar tal banheiro, ou mesmo um visitante. Que horror! Que péssimo cartão de visita! As fotos aqui colocadas servem para dar uma ideia do que aqui expomos. Fica aqui o alerta para que as autoridades municipais tomem providências imediatas no sentido de resolver a situação”, denunciou.

Ele, por outro lado, sugere a contratação de equipes de limpeza para os banheiros públicos. “Quem sabe, contratando equipes que se revezem na manutenção da limpeza; limitando o horário com o fechamento após as 23h e abertura às 6h. Sabemos que onde há ausência do poder público, surge a depredação, o mau uso, e depois, os sinais evidentes de abandono de bens que são de todos nós. Caramba é nossa grana, são públicos. Fica registrada a denúncia e acima de tudo, a dica para a melhoria do local”, desabafou.

O site deixa espaço às autoridades municipais para eventuais esclarecimentos sobre o assunto.

 

Texto: Extra de Rondônia

Fotos: Cristhian Sandoval

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO