Homem que tentou matar outro por dívida é condenado a 9 anos de reclusão

Arquivado em: Policial |

Em julgamento realizado nesta quinta-feira, 09, o Tribunal do Júri da comarca de Vilhena, condenou Emerson Santos de Oliveira a 9 anos e 6 meses de reclusão pela tentativa de homicídio contra Fernando Costa dos Santos. Foi concedido ao réu recorrer em liberdade.

O crime aconteceu em 12 de outubro de 2017, na Avenida Celso Masuti, no Bairro Parque São Paulo, em Vilhena. O motivo do crime seria um acerto de dívida.

A sessão de julgamento, ocorrido no Fórum Desembargador Leal Fagundes, foi presidida pela Juíza de Direito, Liliane Pegoraro Bilharva, com a participação do promotor de justiça João Paulo Lopes e o defensor público, Matheus Lichy, que apresentaram as teses de acusação e defesa, respectivamente.

O representante do Ministério Público (MP) disse que o réu foi o autor dos tiros de arma de fogo contra vítima. E que Emerson merece ser julgado pelo crime doloso (quando o agente quis ou assumiu o risco de matar)

Por sua vez, a defesa argumentou que o acusado atirou por impulso emocional para se defender das agressões verbais da vítima.

RÉPLICA

O Promotor João Paulo afirmou que Emerson respondeu um processo por posse de arma de fogo e pediu ao júri  reprovar a conduta que fez contra Fenando.

TRÉPLICA

A defesa rebateu a acusação e alegou que o réu “perdeu a cabeça” no dia fato, e pediu a absolvição das qualificadoras contra o acusado.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO