mercado paulista

Vereadores de Vilhena ignoram recomendação do MP e pretendem alterar lei do nepotismo nesta sexta

Arquivado em: Política |

Presidente Adilson de Oliveira convocou sessão extraordinária às 11h

Apesar da recomendação do Ministério Público (MP), os vereadores pretendem alterar a lei nº 4.920, que veda o nepotismo na administração pública municipal de Vilhena.

O presidente da Casa de Leis, Adilson de Oliveira (PSDB) convocou os parlamentares para três sessões extraordinárias que iniciam às 11h desta sexta-feira, 10, numa sala do Hotel Cariman, atual sede do Legislativo.

O edital 011/2018, assinado por Oliveira, descreve a “deliberação do projeto de lei 5.473/2018, que altera o artigo 3º da Lei nº 4.920, de 29 de junho de 2018”.

A mudança na Lei do Nepotismo já trouxe dissabores aos parlamentares. O vereador Carlos Suchi (Podemos) chegou a dizer que a lei foi aprovada a toque de caixa. Leia AQUI

Na última sessão ordinária, o veador Rafael Maziero (PSDB) explicou, por sua vez, que a alteração é necessária para não prejudicar os servidores efetivos.

RECOMENDAÇÃO DO MP

Por outro lado, o MP, através do promotor de justiça, Fernando Franco Assunção, recomendou aos vereadores que se abstenham de modificar a Lei para evitar responsabilizações e sanções. Leia AQUI

 

 

Texto: Extra de Rondônia

Fotos: Divulgação

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO