Vereador explica desistência de candidatura e diz que prefeito esqueceu de Cerejeiras após assumir ARON

Arquivado em: Política |

Valdecir Zapata (PSB)

Nesta semana, o vereador Valdecir Zapata (PSB), de Cerejeiras, visitou a redação do Extra de Rondônia para falar de suas ações e trabalhos à frente do legislativo municipal.

Zapata explicou que faz um trabalho com liberdade, isonomia e tem se posicionado no parlamento sem ter vinculo com prefeito.

Ele salienta que tem feito varias ações tendo o apoio da opinião pública. Porém, disse que às vezes a sociedade não reconhece seu esforço na defesa dos interesses coletivos.

GESTÃO MUNICIPAL

O parlamentar analisou o segundo mandato do prefeito Airton Gomes (PP). Para ele, a gestão do mandatário não está ruim tecnicamente, mas entende que há situações que precisam ser melhoradas, principalmente na área da saúde, com a contratação urgente de médicos especialistas e o funcionamento do Centro de Saúde Anízia Borges.

Também analisou a administração no quesito obras de asfalto. Para ele, o prefeito não apenas tem que pensar em fazer paliativos e a área rural merece atenção especial.

Por outro lado, garante ter cobrado do prefeito a realização de concurso público, já que faltam profissionais, principalmente, no setor educacional. Ele avaliou: “Pra mi, o prefeito não quer fazer concurso porque, se fizer, terá que fazer reajustes aos servidores efetivos”.

Noutra ótica, Zapata afirmou que o Airton Gomes deixou de acompanhar de perto os problemas de Cerejeiras quando assumiu a presidência da Associação Rondoniense de Municípios (AROM). “É necessário que ele tente resolver os problemas do nosso município. Parece que esqueceu de Cerejeiras após assumir a Arom”, ressaltou.

Ele também criticou a inclusão do auxílio alimentação, no valor R$ 400,00, aprovada na Câmara para os próprios parlamentares. “Foi aprovado numa sessão que não participei. Um vereador ganha R$ 5.120,00, bruto, então acho desnecessário ter esse auxilio. Mas como foi aprovado, eu retiro esse beneficio e faço a doação, todos os meses, com recibo, para uma entidade”, acentuou.

DESISTIU DE CANDIDATURA

Zapata também explicou sua desistência em participar do pleito eleitoral deste ano como candidato a deputado estadual.  “Daniel era, na época, confirmado para Governo e eu, como candidato a uma cadeira na ALE, teria todo o apoio e estrutura com ele. Mas quando foi anunciado que Pereira não seria, achei melhor desistir do pleito”, complementou.

Zapata em entrevista ao jornalista Orlando Caro

 

Texto e fotos: extra de Rondônia

 

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO