mercado paulista

Após dois meses de competição, Taça Aciv conhece seus campeões

Arquivado em: Esporte |

 

Jogos emocionantes encerraram o campeonato da Taça Aciv 2018, na tarde de sábado, 21, na associação esportiva, em Vilhena.

O primeiro jogo da final foi pela categoria veterano entre as equipes, Mecânica do Valdo e a anfitriã da casa, Aciv. Ambas as equipes buscavam o título de tricampeão.

O primeiro tempo foi bem equilibrado, buscando abrir o placar as duas equipes e as defesas bem posicionadas até o último minuto.

Na segunda etapa, aos 04 minutos em jogada de contra-ataque, Miro avança na área e toca livre para Da Lua, que chuta forte no canto do goleiro, abrindo a vantagem para Tornearia Brasil.

O gol sofrido pareceu não desestabilizar Aciv, que passava atacar mais no campo do rival em busca do empate e aos 15 minutos, o arbitro marca pênalti, após um toque de mão da zaga do Valdo. O camisa 06 da Aciv cobra e chuta no canto do goleiro, empatando a partida.

Com o placar igual, ambas as equipes passavam a criar jogadas com chutes a gol. E Aos 23, após um lançamento na área, a bola sobra para Yarley, que chuta forte no canto, sem chances para o goleiro defender, virando o placar em 2 a 1.

O jogo recomeça e Tornearia Brasil buscava o gol do empate com chutes, mas sem finalização até o final da partida. Ficando a anfitriã da casa com o titulo de tricampeão máster 201.

Final Livre/Aberto

A segunda final da tarde, a mais esperada pelo público espectador, entre a campeã da edição passada, Trator /Comercial Mariano e REC/Vilhena Tintas.

O jogo começou movimentado, com Trator Campo sufocando o campo ofensivo do REC com vários chutes, mas a bola passava longe do gol.  A partida começava a ficar muito truncada com os jogadores de ambas as equipes muito tensos e divididas duras.

A equipe da Trator Campo continuava sufocar o REC. Porém sem conseguir levar perigo para o goleiro adversário.  O melhor lance aconteceu aos 20 minutos com um chute colocado de Perereca e a bola passa  perto da trave direita do goleiro.

A equipe do REC passou a crescer nos últimos cinco minutos da primeira com bolas áreas. Mas a bola parava nas defesas do goleiro.

Na segunda etapa, Rec volta pressionando o campo da Trator Campo com mais posse de bola e varias jogadas pelo meio-campo e na lateral. Rec criava boas chances de finalização, obrigando ao goleiro adversário  realizar boas defesas.

Mesmo com a pressão do adversário, Trator Campo arriscava ao ataque, mas nas finalizações era bloqueada pela defesa do REC. A partida passava a ficar mais tensa com vários cartões amarelos e confusões entre jogadores. Obrigando ao arbitro dar 06 minutos de acréscimos.

O jogo parecia  ficar na decisão dos pênaltis, e faltando 02 minutos em um lance na área, Douglas se antecipa na jogada e cabeceia no canto do arco sem chances do goleiro  fazer a defesa . A equipe da Trator Campo reclamou que o gol não era valido porque o jogador Douglas teria empurrado no lance o zagueiro adversário , mas o arbitro validou o  jogada e partida é encerrada  é encerrada, ficando o REC com o titulo de campeão na categoria aberto 2018.

Texto: Extra de Rondônia/Petter Vargas

Fotos: Extra de Rondônia

 

 

 

 

 

 

 

 

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO