mercado paulista

Criminalidade cresce, assusta população e comerciantes de Vilhena

Arquivado em: Policial |

 

Uma onda de assaltos está deixando os vilhenenses com medo e apreensivos. A quantidade de roubos e furtos a pessoas e a estabelecimentos comerciais cresceu consideravelmente neste mês e têm tirado o sossego da população.

Na noite de terça-feira, 06, nos bairros, 5º Bec, Jardim Eldorado, Centro e Alto Alegre, houve diversos registros de assaltos e furtos.  Sendo que, na tarde de terça-feira, 06, na Rua Alfredo Fontineli, no bairro 5º BEC, um estudante ao sair de um estabelecimento comercial, foi abordado por um homem com faca, obrigou a vítima a entregar sua mochila. E, após o roubo, fugiu em direção ignorada. Uma guarnição foi acionada e realizou buscas nas proximidades, mas o suspeito não foi localizado.

Minutos depois, na Rua 08, no bairro, Jardim Eldorado, duas mulheres estavam em frente sua residência, quando um rapaz de pele morena, de estatura média, chegou numa bicicleta de cor vermelha, também portando uma faca, ameaçou as vítimas e subtraiu os aparelhos celulares. Uma guarnição foi acionada e realizou buscas nas proximidades, mas não obteve êxito na captura do suspeito.

Na Avenida Capitão Castro, no centro, onde a vítima fazia caminhada foi surpreendida por um elemento de pele morena, de bicicleta, e com as mãos debaixo da camiseta, simulou estar armado e anunciou o roubo. Assustada a vítima entregou seu aparelho celular para assaltante, que rapidamente empreendeu fuga. Uma equipe da Polícia Miliar foi solicitada e realizou buscas nas proximidades, mas o suspeito não foi localizado.

Os assaltantes estão usando além de facas e revólveres, muita pressão psicológica, no caso, numa farmácia, localizada na Avenida Paraná, no bairro, Alto Alegre, segundo narra o boletim de ocorrência, um homem de cor morena, estatura média, de capacete preto na cabeça, trajando uma camiseta branca e calça jeans, entrou no comércio, apontou o revólver para as vítima e anunciou um assalto.

Em seguida, o ladrão, mandou que todos deitassem no chão e exigiu a uma das atendentes a entregar todo dinheiro do caixa, e em seguida saiu do estabelecimento e fugiu na garupa de um comparsa numa moto Honda Bros, de cor vermelha.

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Ilustrativa

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO