O vice-presidente da Câmara de Vereadores do município de Parecis, Luiz Carlos Valentim de Souza (MDB), usou a tribuna da Casa na sessão de segunda-feira, 18, para pedir desligamento da mesa.

De acordo com o parlamentar que falou com a reportagem do Extra de Rondônia na manhã desta terça-feira, 19, após tomar conhecimento que o Ministério Público (MP) constatou irregularidade na eleição da mesa diretora para o biênio 2019 – 2020 e recomendou novas eleições no prazo de 10 dias, o vereador usou a tribuna e explicou o motivo de estar renunciando ao cargo de vice-presidente da Casa.

Segundo Luiz Carlos, após tomar ciência que o presidente Antônio Carlos Argiona Oliveira (MDB), iria recorrer da decisão judicial, resolveu renunciar ao cargo e não afrontar a justiça.

Luiz ainda disse que os vereadores Marcos Andrade Will (PP), Max Daniel de Carvalho (PSB) e Celio Siminhuk (PT), são a favor de acatar a ordem judicial e apoiam novas eleições para mesa diretora.

Luiz Carlos, não afirma, mas também não nega que se houver novas eleições pretende disputar a presidência da Casa.

Porém, o vereador ressalta que ouviu nos corredores da Câmara que o presidente não pretende convocar novas eleições e que irá recorrer da decisão judicial para se manter no cargo.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Divulgação

 


COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO