Foto: Arquivo Extra de Rondônia

O caso foi registrado na tarde de segunda-feira, 11, na Avenida 1701, no Jardim Primavera em Vilhena, onde uma jovem de 25 anos foi presa após furtar um caso de latinhas, por não ter recebido do proprietário, um programa que a havia feito.

De acordo com o registro da ocorrência, um morador, de 52 anos chamou a polícia devido sua casa ter sido arrombada e ter desaparecido de dentro do imóvel, dois sacos de latinhas que ele havia juntado para vender.

Como uma criança que passava pelo local informou para a vítima a identidade da infratora, que este por sua vez afirmou conhecer, a guarnição saiu a procura da mesma, logrando êxito em localizá-la em uma casa, na Rua 1515.

Ao ser questionada sobre o crime, a princípio a jovem negou, porém sua mãe relatou aos policias que a filha tinha mesmo chegado em casa com dois sacos de latinhas, os quais havia vendido em um comércio próximo.

Diante da alegações da mãe, a agente acabou confessando o crime, porém, afirmou que só o cometeu porque o proprietário das latas lhe devia o dinheiro de um programa. A jovem relatou ainda que vendeu os produtos pelo valor de R$ 30,00.

Diante dos fatos, a infratora recebeu voz de prisão pelo crime de furto e foi apresentada na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp), de onde foi liberada, devido a vítima não demonstrar interesse de representa-la criminalmente.


COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO