aftosa 728×90

 

Nilda alega que o genro de 19 anos a proibiu de ver sua filha de 15 anos e o neto recém-nascido/Foto: Extra de Rondônia

Nilda Maria Batista, de 42 anos, visitou a redação do Extra de Rondônia, na tarde de sexta-feira, 12, onde relatou que sua filha A.C.M.B; de 15 anos, ganhou bebê na última quinta-feira, 11, no Hospital Regional de Vilhena. Porém, alega que está sendo impedida pelo seu genro Isaac Moreira dos Santos, de 19 anos, de ver a criança.

De acordo com Nilda, sua filha tem problemas psicológicos e toma remédios controlados. Entretanto, havia fugido de casa, e após quatro meses a encontrou morando com Isaac e estava grávida.

Nilda alega que foi ao Conselho Tutelar, mas falaram a ela que não podiam fazer nada, pois a garota era maior de 14 anos e o caso não enquadrava em estupro de vulnerável.

Nilda afirma que devido as ameaças do genro, ela não sabe se a filha fez o pré-natal, e desconfia que a mesma está até passando fome.

Preocupa, Nilda disse que foi ao hospital visitar a filha e o neto, mas foi novamente proibida e ameaçada pelo genro. Com isso, foi a Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) onde registrou boletim de ocorrência.

Nilda pede ajuda das autoridades competentes, pois está preocupada com a filha, que provavelmente não está tomando os remédios necessários.

 

aftosa 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO