Mais gestão 728×90
Vino mostra entusiasmo com eleição de 2020 / Foto: Extra de Rondônia

O prefeito de Pimenteiras do Oeste, Olvindo Luiz Dondé, o popular Vino, visitou esta semana a redação do Extra de Rondônia, momento em que resolveu se posicionar a respeito de sua situação jurídica, o que pode comprometer sua continuidade na principal cadeira do Executivo Municipal.

Inicialmente, admitiu que enfrenta um processo na justiça desde 2012, acusação referente a suposta perseguição de servidores que foram exonerados ainda no seu primeiro mandato de prefeito. Ele era vice e assumiu o cargo após cassação do titular, Zé Horn, por crime de improbidade administrativa.

“As pessoas têm que saber diferenciar: o processo não tem nada a ver cassação de mandato e sim de perda de direitos políticos. Em Brasília foi votada e não aceitaram o agravo que apresentei, recurso no qual provo os fatos como realmente aconteceram. Naquela época, os comissionados, que são cargos de nomeação exclusiva do prefeito, foram exonerados, e eles alegam perseguição. Isso não procede. Mas meu advogado vai entrar com Embargos em Brasília e Ação Rescisória em Porto Velho. Tenho certeza que vamos reverter essa situação”, disse, animado.

PRÉ-CANDIDATO A REELEIÇÃO

Por outro lado, entusiasmado com a recente pesquisa onde os pimenteirenses aprovam sua administração (leia AQUI), Vino aproveitou para anunciar que é pré-candidato a reeleição em Pimenteiras do Oeste.

“Estamos fazendo um bom mandato e isto nos leva a disputar a reeleição. No pleito eleitoral de 2016, falavam que devido a essa ação eu não poderia disputar a prefeitura. Fui lá e venci a disputa. Depois, falaram que não iria ser diplomado e depois que não iria assumir o cargo. Estou até hoje na prefeitura fazendo um trabalho junto com a população. Tenho esperança e fé em Deus que vamos reverter essa situação jurídica. Estou tranquilo e continuamos em ritmo acelerado de trabalho”, observou.

INTRIGA DA OPOSIÇÃO?

O site analisou a situação e perguntou ao mandatário se a ação que enfrenta na justiça teria o “dedo” de seus opositores políticos. Ele foi enfático em afirmar que “para mim, não existe oposição. Eu trabalho para todos os moradores de Pimenteiras. É claro que há pessoas que não gostam da gente como administrador, mas o resultado está lá para todos verem”.

detran 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO