Evento aconteceu na segunda-feira / Foto: Divulgação

Em homenagem ao “Dia do Nutricionista 31 de agosto, e em alusão ao “Agosto Dourado”, o curso de nutrição da Unesc realizou na noite de segunda-feira o “1º Encontro Dourado Amamentando o Brasil”.

O evento integrou as ações do “Agosto Dourado”, uma campanha nacional criada para conscientizar sobre a necessidade do aleitamento materno. Dentro deste objetivo, o evento organizado pelo curso de nutrição da Unesc promoveu uma roda de conversa que teve como tema “Vivenciando a Amamentação”.

O Encontro contou com a participação da coordenadora do curso da Unesc, Heloísa Portela, mestre em nutrição e saúde e consultora em amamentação, das nutricionistas e consultoras Ariane Cronemberger e Claudia Azevedo, egressos e alunos da Unesc e de outras instituições.

“O principal objetivo do nosso encontro foi promover o aleitamento materno, conscientizando a sociedade sobre a importância desse ato que vai muito além de nutrir. Devemos como sociedade garantir o direito da mulher e da criança, de amamentar e de receber o alimento mais completo e importante para o seu desenvolvimento”, destacou a coordenadora do curso de nutrição da Unesc.

Conforme explicou a consultora de amamentação Ariane Cronemberger, a Organização Mundial da Saúde (OMS) aconselha o aleitamento materno de exclusivo nos primeiros seis meses de vida e de forma complementar por dois anos ou mais, uma vez que é o alimento mais completo e que oferece todo o aporte nutricional adequado às necessidades do bebê e da criança.

“A palestra foi maravilhosa, abordou um tema pouco discutido na sociedade, a amamentação. A maternidade é um momento muito esperado por nós mulheres, mas também é um momento em que tudo é novo, surgem muitas dúvidas. A professora Heloísa, consultora em amamentação, abordou com outras especialistas o tema com maestria, esclarecendo dúvidas e orientando a termos um olhar especial nesse momento tão marcante para a mãe e essencial para saúde nutricional do bebê”, enalteceu Liandra Eller, aluna do 2º período de nutrição, mãe do Emerson e da Fernanda.

Já a acadêmica Solange Espindola do 8º período fez questão de ressaltar sobre uma das informações repassadas, que segundo ela é muito importante nesse momento de combate à Covid-19. “Mesmo se a mãe for diagnosticada com o coronavírus, a orientação é que continue amamentando, tomando todos os cuidados estabelecidos”, enfatizou. A acadêmica relata com muito orgulho que amamentou o seu filho Lorenzo exclusivamente até os 6 meses de vida.

O evento contou também com relatos de vivências sobre amamentação. A abertura do encontro foi feita pelo Serenatas Cacoal. Aberto a todos os acadêmicos de nutrição da Unesc, o evento contou ainda com a participação da Liga Acadêmica de Nutrição e Ciência de Alimentos da Universidade Federal do Piauí.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO