Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
desodete morre
Ao lutar contra a doença, Deosdete Pêgo (FOTO) ficou 57 kg mais magro; ele era diretor do jornal Folha do Guaporé.
Estamos em guerra 468×60

A morte do jornalista Deosdete Pêgo aconteceu por volta das 08h00 desta sexta-feira, 15, no Hospital Regional em Vilhena.

De acordo com Ithalo, filho do comunicador, que entrou em contato com o Extra de Rondônia, Deosdete começou a passar mal em casa, quando foi levado de emergência à unidade de saúde, mas acabou falecendo.

Segundo Italho, estava previsto para seu pai ir neste domingo, 17, a Barretos (SP) onde passaria por outra consulta. O corpo de Deosdete será velado hoje na Igreja Batista, localizada na avenida Paraná, em Vilhena. O enterro será neste sábado, 16, no cemitério Cristo Rei, ainda sem horário confirmado.

A DOENÇA

Deosdete deixa três filhos (além de Ithalo, Debora Pêgo e Rebeca Pêgo), atuava na imprensa desde 1997 e já passou pelos jornais Tribuna Popular, O Observador, Folha do Vale e Folha do Guaporé, jornal que era proprietário há 10 anos. Deosdete estava com 58 anos e tinha que retornar a Barretos a cada três meses para acompanhamento por pelo menos durante cinco anos.

Os primeiros sintomas vieram através das fezes (esbranquiçadas) e urina (muito avermelhada), e em seguida o susto toma conta quando chega ao município de Cacoal, e é transferido com urgência para a Unidade do Hospital do Câncer de Barretos, em Porto Velho. Foi lá que descobriram que Deosdete tinha um câncer no intestino, em novembro de 2012. Desde então vinha lutando contra a doença.

A primeira foto abaixo mostra o Jornalista durante a cobertura de um evento em outubro de 2012 em Vilhena. A segunda como estava atualmente. Neste momento de dor, toda a equipe do Extra de Rondônia presta solidariedade aos seus familiares e amigos.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Rômulo Azevedo

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO