Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Segundo MP,  prefeito deve ter cedido à exigência do vice-prefeito para nomear esposa e sobrinho na prefeitura
Segundo MP, prefeito deve ter cedido à exigência do vice-prefeito para nomear esposa e sobrinho na prefeitura
Estamos em guerra 468×60

@@ O Extra de Rondônia começa uma nova etapa, desde sua criação em 18 de janeiro de 2008. Esta é a primeira mudança do layout do site, que tinha formato de blog. Apesar dos poucos recursos que possuía, o site era simples e dinâmico. Mesmo assim ganhou credibilidade perante a sociedade, exatamente por essa simplicidade.

@@ A nova cara que está sendo apresentada agora também é simples, só que mais “leve”. O que não vai mudar no site é a linha editorial, totalmente independente. Ela permanecerá do jeito que é. Essa é a razão do Extra de Rondônia ser um veículo de comunicação mais confiável do interior do Estado.

@@ A última visita dos Deputados Estaduais ao Cone Sul ainda está rendendo muita conversa. Após a visita barulhenta do presidente da ALE, que não perdeu a oportunidade de esculhambar com seus inimigos políticos, a parlamentar Ana da 8 saiu muito mal falada (e zoada) do sul do estado.

@@ Durante a assembleia itinerante, que aconteceu na semana passada no município de Cerejeiras, a parlamentar fez um comentário de duplo sentido com o nome que usa na vida pública (Ana da 8) para falar da tormenta que vem enfrentando por contas das acusações de ligação com o tráfico de drogas no estado.

@@  A Deputada disse que “a Ana não dá mais 8 como antes” por conta dos problemas que vem enfrentando. O comentário infame lhe rendeu algumas risadas do público presente.

@@ Porém o grande problema da história toda é que a sessão da ALE no Cone Sul fora realizado em um templo evangélico. Muita gente achou que o discurso da parlamentar poderia passar sem essa. Contudo é conveniente afirmar que igreja evangélica não é lugar de sessão parlamentar.

@@ Seria mais ou menos como reunir norte americanos e membros da Al Qaeda em um jantar para entrega do prêmio “Melhores do Ano”.

@@ Por falar em melhores do ano, um dos diretores do EXTRA DE RONDÔNIA, Orlando Caro, esteve no último sábado, 9, no município de Cacoal para receber o prêmio Cacau de Ouro, em reconhecimento pela popularidade do site mais acessado do interior de Rondônia.

@@ E o vereador Carmozino Alves, agora no Partido da Solidariedade, foi à tribuna pela primeira vez no ano para defender o seu primeiro projeto de lei do ano. O parlamentar falou bem e pediu aos demais vereadores a compreensão para que a matéria seja aprovada.

@@ Carmozino acredita que é injusta a cobrança da taxa de religação de água, pois, com suas próprias palavras, é injusto que o consumidor seja punido duas vezes pelo mesmo problema. “Se o morador já deixou cortar a água de sua casa é um pressuposto de que ele está passando por dificuldades. Ele já foi punido. Não tem porquê pagar essa taxa”, disse.

@@ E a pedetista Maria José da Farmácia (PDT) não faz mais questão de esconder sua insatisfação quanto ao posicionamento do executivo dentro das ações de políticas públicas desenvolvidas para o município. Pessoas próximas à parlamentar dizem que a cada dia que passa ela está mais decepcionada com o grupo de Rover.

@@  Falando nisso… o glorioso vice-prefeito de Vilhena arrumou um problema bem complicado tanto pra si quanto para o grande chefe, Zé Rover. O Prefeito, que durante o aquecimento para as últimas eleições já tinha escolhido outro vice para compor sua chapa, poderá ficar inelegível por oito anos caso a denúncia feita pelo Ministério Público o condene. Motivo? Jacier Dias empregou a esposa e um sobrinho na prefeitura.

@@ Caso condenados, os quatro envolvidos na história terão que devolver aos cofres públicos mais de R$ 100 mil valores pagos pelas prestações de serviços da esposa e sobrinho do segundo homem do executivo vilhenense.

@@ O problema só virá para fechar com chave de ouro a péssima relação entre Jacier Dias e o prefeito Rover. O pastor já havia dito antes que estava encontrando muitas dificuldades, tanto políticas quanto de relacionamento, o seu grupo e que já não se sentia mais confortável em fazer parte do elenco executivo.

@@ Jacier já tentou “sair fora” da prefeitura de Vilhena uma vez, quando lançou-se candidato a Deputado Estadual nas últimas eleições. Dias não conseguiu se eleger, e acabou voltando para seu posto de vice-prefeito.

@@ Quando Rover cogitou a possibilidade de ser um possível candidato a Deputado Federal nas próximas eleições, membros de seu grupo o fizeram desistir da ideia, pois sabiam que caso Jacier assumisse o poder executivo do município promoveria uma mudança radical na lista de componentes da prefeitura de Vilhena. O fato é que se o relacionamento já estava ruim, agora ficou bem pior.

@@ Esta é para fechar a coluna: parece que houve corre-corre na manhã desta segunda-feira, 18, no paço municipal de Vilhena. Agentes da Polícia Federal (PF) estiveram por essas bandas. Ao ver os policiais, um funcionário comissionado foi flagrado tentando sair pela janela de uma das secretarias municipais. O Extra de Rondônia foi investigar o que acontecia. Para surpresa – e sorte de alguns – a PF não foi lá para prender ninguém e sim apenas para entregar uma intimação. Que pena!

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Arquivo

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO