O governo atrasou o pagamento da empresa que fornece comida para o Hospital de Base
O governo atrasou o pagamento da empresa que fornece comida para o Hospital de Base

O Governador de Rondônia, Confúcio Moura (PMDB) atrasou o pagamento da empresa que fornece comida para o Hospital de Base Doutor Ary Pinheiro, que fica localizado na capital do estado, Porto Velho. Com isso os pacientes internados na unidade de saúde estão sendo alimentados a base de biscoitos e mingau nas refeições das 9 horas e 15 horas.

Servidores do Hospital de Base que procuraram o Extra de Rondônia para relatar o estado de calamidade que estão vivendo, explicaram que as dietas enterais (fórmulas utilizadas para pacientes com sonda que não se alimentam pela boca) estão no fim e provavelmente já no final de semana não haverá mais, e as pessoas que necessitam dela ficarão sem se alimentar.

A falta de comida dentro do hospital está gerando uma crise entre os servidores locais, que foram autorizados a pedir às famílias dos pacientes que levem comida para o local. Se a falta de comida é um problema a coisa se agrava com a insatisfação dos servidores, que estão sem receber horas extras do mês de setembro.

A crise que se instalou na saúde pública do estado não está somente nas unidades da capital. Em Vilhena, por exemplo, os repasses que deveriam ser feitos à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) estão atrasados e o município tem que arcar sozinho com as despesas. O próprio Governador Confúcio Moura prometeu repassar mensalmente R$ 180 mil à unidade para auxiliar no bom andamento.

Em visita ao Extra de Rondônia no início dessa semana o Prefeito de Vilhena, Zé Rover (PP) disse que o governador pagou, até o momento, uma única parcela do acordo.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Divulgação

Mercado Paulista

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO