Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Cerca de 20 famílias residiam em uma área ocupada irregularmente
Cerca de 20 famílias residiam em uma área ocupada irregularmente
Estamos em guerra 468×60

A Polícia Militar cumpriu nesta quarta-feira (27) um mandado de reintegração de posse para retirar cerca de 20 famílias que moravam de forma irregular nos lotes do Setor 12, Gleba Corumbiara, no município de Vilhena .

Segundo o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), o processo tramita na justiça desde de 2003. Dos 58 lotes criados em 2 mil hectares, o Incra estima que pelo menos 20 tenham sido ocupados de forma irregular.

De acordo com o 2° tenente do 3° batalhão da PM, Cícero Rodrigues da Silva, nenhum incidente foi registrado durante a reintegração de posse nesta quarta-feira. “Tudo ocorreu conforme havíamos planejado. A maioria deles [invasores] já havia saído antes da nossa chegada”, afirma.

Segundo Silva, 36 policiais participaram da reintegração. A PM montou uma base na associação dos moradores local, onde deve permanecer por pelo menos dois dias.

Ágda Zidia Pereira, 32 anos, foi uma das moradoras retiradas durante a operação desta quarta. A moradora afirma que quando comprou o lote não foi informada se o terreno era regular ou não. Morando há dois anos na propriedade, ela diz que a família está triste, pois investiram bastante dinheiro no sitio.

De acordo com Ágda, somente para a construção do poço artesiano foi necessário desembolsar R$ 10 mil. Retirada do local, a família Ágda deve morar a partir de agora na Associação Águas Claras.

O dono da propriedade invadida é morador de Campos de Júlio (MT) e, segundo o Incra, deve chegar ainda nesta quarta para acompanhar a reintegração de posse. Para ajudar no desmanche das casas construídas na propriedade invadida, a justiça contratou 10 pessoas e um tratorista. Na parte da manhã, os prestadores de serviços retiraram janelas e telhados das residências a fim de repassarem para as famílias.

 

Texto e Fotos: Jonatas Boni (G1)

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO