Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Estamos em guerra 468×60

salatiel no atoleiroNo domingo, 24 de novembro, teve início a diligencia liderada pelo Senado Federal, que percorreu os 880 km da rodovia BR 319. A expedição, batizada de “Chega de Atoleiro”, começou em Porto Velho e terminou em Manaus, no dia 26, terça-feira, com apoio do exercito brasileiro e participação de diversas autoridades.

O presidente do Sistema OCB/SESCOOP-RO, Salatiel Rodrigues (foto), participou de toda a viagem, acompanhando o senador Acir Gurgacz, que liderou a expedição.

O objetivo da diligência foi acompanhar a execução dos serviços de manutenção e verificar as condições da rodovia, que, depois de recuperada volta a ser um dos principais corredores de escoamento da produção de Rondônia, Amazonas e Roraima, além da importância no abastecimento da cidade de Manaus.

Salatiel Rodrigues comenta que não só as cooperativas e os empresários de Rondônia serão beneficiados com o transporte de seus produtos para Manaus, como também toda a cadeia produtiva dos três estados. “Hoje a produção é levada e trazida de Manaus pelo rio, viagem que leva cerca de 3 dias. Nesse tempo boa parte da mercadoria perecível, como frutas e verduras, se perde, trazendo prejuízos. Com a retomada do transporte pela 319 esse problema tende a diminuir, com o menor tempo de viagem, além da diminuição dos custos”, explica.

A BR 319 é a única ligação por terra entre as cidades de Porto Velho e Manaus, além de interligar os estados do Amazonas e Roraima ao resto do país. A rodovia foi inaugurada em 1975 e em 2008 foram iniciadas as obras de recuperação, que ainda não têm previsão para terminar, principalmente devido a alguns trechos que ainda aguardam a licença ambiental.

Na capital amazonense, o presidente Salatiel Rodrigues, que representou todo o cooperativismo da região norte na expedição, foi recebido pelo presidente da Federação das Cooperativas da Região Norte – FECOOP Norte, José Merchedes.

Salatiel comentou que o momento é de união entre os três estados que serão beneficiados diretamente pela reconstrução da BR 319, que são Rondônia, Amazonas e Roraima. “É preciso que todos trabalhem juntos, pois essa é uma obra que trará benefícios a toda a região”, finaliza.

Autor: Assessoria

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO