dengue 728×90 – 2
Equipe de assessoria da presidente da república negocia com sindicatos para evitar manifestações no dia 10
Equipe de assessoria da presidente da república negocia com sindicatos para evitar manifestações no dia 10

A transposição de servidores do ex-Território de Rondônia aos quadros da União, novela que se arrasta há quase uma década, terá um novo capítulo na próxima semana, ocasião quem que o Estado recebe a visita da presidente Dilma Rousseff.

Isso porque será a oportunidade dos funcionários extravasarem sua frustração com o processo, que aparentemente não se conclui por desinteresse do governo federal em assumir a despesa. Pelo que se sabe, não chega a 50 o número de processos já definidos, num universo de milhares ainda a ser analisados.

A insatisfação e o desejo de protestar chegou ao conhecimento da equipe de apoio da presidente, que nesta segunda-feira reuniu-se com representantes de diversos sindicatos a fim de debater a questão. Se reuniram com o Assessor da Secretaria Nacional de Relações Político-Sociais da Presidência da República, Luiz Soares, os seguintes sindicalistas: Itamar Ferreira (presidente da CUT/Rondônia), Manoel Rodrigues (presidente do Sintero), Nereu Klosinski (Secretário de Assuntos Jurídicos do Sintero), Jales Moreira (presidente do Sinsepol), Rodrigo Marinho (vice-presidente do Sinsepol), Caio Marin (presidente do Sindsaúde), além do advogado Hélio Vieira.

Foi a oportunidade para que os representantes dos funcionários mais uma vez relatassem toda a morosidade do processo, e de novo foi apresentado relato da insatisfação de todos com relação ao caso. Por outro lado, os assessores da presidência também saíram do encontro com a convicção que haverá mesmo protestos contra Dilma Rousseff, a não ser que aconteça algum foto novo de relevância, em benefício dos servidores.

Fonte – Extra de Rondônia

Texto – Da Redação

Foto – Divulgação

dengue 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO