Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
O parlamentar fez questão de ressaltar que as emendas de Natan Donadon foram “apadrinhadas” por ele
O parlamentar fez questão de ressaltar que as emendas de Natan Donadon foram “apadrinhadas” por ele
Estamos em guerra 468×60

O Deputado Federal Amir Lando (PMDB) visitou a sede do Extra de Rondônia no final da tarde desta segunda-feira, 10, para apresentar a lista de emendas que serão destinadas ao Cone Sul do estado através dele.

O parlamentar fez questão de ressaltar que as emendas que haviam sido destinadas pelo Deputado Federal Natan Donadon (sem partido) foram “apadrinhadas” por ele. “Do contrário elas não viriam para Rondônia”, explica o parlamentar.

Amir Lando destacou que retornou ao Congresso Nacional há três meses, e desde então vem dando continuidade às emendas do deputado que lhe antecedeu, e já destinou para Vilhena, com emenda própria mais de R$ 1 milhão, que será usado na construção de uma creche municipal.

O Deputado explicou que é contrário às medidas que a bancada federal de Rondônia, bem como o próprio poder executivo do estado, vêm tomando sobre a transposição. “É preciso ter pulso firme e pensar no bem estar dos servidores, precisamos pressionar o Governo Federal para dar velocidade neste trâmite”, explica o deputado ao falar sobre o projeto.

Amir Lando garantiu que irá tentar reverter a exclusão dos servidores que foram demitidos durante a gestão do então Governador José de Abreu Bianco (DEM, à época PFL) da lista dos beneficiados com a transposição. “É injusto com eles, pois todos foram readmitidos pelo Governo do Estado, fato que prova que não houve quebra de vínculo, e sim um erro de gestão. Eles merecem passar para o quadro federal”, defende o deputado.

Outro ponto abordado pelo parlamentar é a situação dos servidores contratado à época por um tempo determinado (normalmente o período de contratação não era estipulado pelos gestores públicos. Muitos servidores passaram décadas trabalhando para o Governo do Estado neste regime no início da criação do estado e foram excluídos da transposição). Para o peemedebista, a retirada destes servidores da lista também é motivo de discórdia, pois segundo ele todos trabalharam e agora merecem o benefício. “Não vou deixá-los desamparados. Quero inserir todos na lista da transposição”, finalizou o deputado.

 

Fonte: Extra de Rondônia

Texto: Rômulo Azevedo

Foto: Extra de Rondônia

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO