Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Estamos em guerra 468×60

 

Nayara-capaAgentes da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio em cumprimento de mandado de prisão preventiva, expedido pelo juiz da 1º Vara, prenderam o empresário e agente penitenciário Francisco da Silva Plácido, acusado de ser um dos partícipes do estupro seguido de morte da jovem Naiara Karine, morta no início deste ano com mais de 25 golpes de faca.

Segundo o delegado que investiga o caso, Nestor Romamzini, a participação de Plácido se tornou evidente, depois que fragmentos de sua digital foram encontrados em exames periciais feitos em objetos que pertenciam a vítima.

O homem suspeito foi preso na região central da capital, quando tratava de negócios. Plácido é dono de uma empresa de segurança privada, onde o também o acusado Marcos Chaves trabalhava.

Depois de preso, Plácido foi levado para a delegacia especializada e em seguida encaminhado ao Centro de Correição, onde aguarda julgamento.

Três suspeitos estão presos são eles; Richardson Mamede, Marcos Chaves e Francisco Plácido. Um quarto mandado de prisão foi pedido ao juiz para ser cumprido em desfavor de Wagner Strogulski,que segundo o delegado era amigo de faculdade da vitima.

 

Fonte: Rondôniaovivo

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO