banner 728×90 2

 

DSC_7790Na tarde desta segunda-feira, 23, a Polícia Militar recebeu chamado de apoio do NI (Núcleo de Inteligência), pois a vítima Cleiton Rodrigues de Albuquerque, 28 anos, que teve sua motocicleta furtada, uma Yamaha YBR 125 de cor preta, havia sido recuperada.

Segundo Cleiton, sua esposa estava na igreja, no bairro Alto Alegre, quando avistou um elemento conduzindo uma motocicleta com as mesmas características da sua, com isso ele foi rapidamente ao local e encontrou o agente pilotando a moto pelas avenidas do bairro. Porém ficou em dúvida sobre se a moto era a sua ou não, pois a placa que estava no veículo não conferia com a sua.

Entretanto, mesmo correndo risco, a vítima seguiu o homem que conduzia a moto e quando este parou em frente ao portão de uma residência desceu e deixou ela ligada para abrir o portão, neste momento Cleiton encostou ao lado e teve certeza que era a sua motocicleta.

A vítima desligou a moto, pegou a chave e falou para o rapaz esta o moto é minha. O NI que já estava na área fazendo monitoramento, e sabia do furto, foi contatado de imediato pela vítima, chegando rapidamente ao local, e através de pesquisa constatou ser a moto furtada de Cleiton.

O rapaz que pilotava a motocicleta foi identificado como Z.S.O, de apenas 13 anos. Ele confessou aos militares que furtou a moto, levou para casa e guardou, depois foi até ao estacionamento do Park Shopping Vilhena, furtou uma placa de uma moto CG, retirou a placa original da YBR, jogou no mato e colocou a placa falsa.

Diante dos fatos o menor infrator foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil e apresentado às autoridades de plantão para providências cabíveis.

DSC_7789

DSC_7791

Fonte: Extra de Rondônia

Texto e Fotos: Carlos Franco

banner 728×90 1

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO