dengue 728×90 – 2

Comandante Paulo SergioEm nota enviada ao Extra de Rondônia, na manhã desta quinta-feira, 02, o Comandante do 3º Batalhão, Paulo Sérgio Vieira Gonçalves,  acusou representante da Assfapom (Associação dos Praças e Familiares da PM e BM RO) de tentar fazer autopromoção com o lamentável fato que aconteceu com o policial militar de Cerejeiras, Fábio Santos, na madrugada de quarta-feira, 01.

Na ocasião, Fábio teve um canivete cravado na cabeça e que teve que ser removido emergencialmente até Porto Velho para cirurgia.Segundo o Comandante Paulo Sérgio, a ajuda feita ao policial foi da PM local e não pela Assfapom que “distorceu informações”. Paulo Sérgio afirmo que “lamenta que oportunistas venham a beneficiar-se de fatos como estes para autopromoção”.

 

>>> Leia a mensagem na íntegra enviada pelo Comando de Vilhena:

 

Na madrugada de quarta-feira, primeiro de Janeiro, o policial militar lotado na 4ª Cia. PO/ do 3º Batalhão, Fábio Santos Lopes, foi gravemente ferido durante o atendimento a uma ocorrência de vias de fatos.

No decorrer da briga, um menor que encontrava-se de posse de um canivete desferiu um golpe na face do Militar ficando a Lâmina do canivete alojada entre a nariz e o olho direito do PM Fábio. De imediato policial militar foi conduzido ao hospital do município de Vilhena, onde foram prestados os primeiros socorros.

Assim que fora informado da alteração de serviço, o Comandante do 3º Batalhão, TC PM Paulo Sérgio Vieira Gonçalves, juntamente com outros Militares do 3º Batalhão, podendo citar como um deles o SDPM Ramos representante da ASTIR em Vilhena, tomaram todas as providências necessárias vindo a conseguir a aeronave do Corpo de Bombeiros, que fora disponibilizada e abastecida pela associação Tiradentes.

A aeronave chegou a cidade de Vilhena às 14:00h e retornou a Capital do Estado às 15:00h levando o referido Policial, que ao chegar a Capital foi imediatamente encaminhado ao hospital João Paulo II para exames e posteriormente encaminhado para o centro cirúrgico para a retirada da lâmina na face, sendo o procedimento bem sucedido.

De acordo com o CMT do Batalhão, para sua surpresa, alguns sites do estado e locais veicularam informações que a Assfapom (Associação dos Praças e Familiares da PM e BM RO) através de seu representante teria tomado as providencias para a remoção do policial, o que não é verdade. Mais uma vez, a referida associação distorce a informação para se promover perante os sócios. E lamenta que oportunistas venham a beneficiar-se de fatos como estes para autopromoção.

 

Texto: Assessoria BPM de Vilhena

Foto: Extra de Rondônia

dengue 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO