dengue 728×90 – 2

 

caceresacidentefamilia620x465Otoniel Costa Souza, 32 anos, sofreu morte instantânea, e outras três pessoas ficaram feridas após um acidente neste sábado (4) na Serra do Mangaval, região da cidade de Cáceres, a 250 km de Cuiabá. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, uma família com quatro pessoas viajava em um carro de passeio que bateu de frente com um caminhão boiadeiro.

O acidente foi registrado a 30 km de Cáceres, no início da tarde, no km 696 da BR-070. Ao G1,  a PRF informou que o homem viajava de Vilhenacom a esposa de 26 anos, além de dois filhos de 8 e 4 anos. A batida entre os dois veículos ocorreu em um trecho da serra considerado perigoso, com alto número de acidentes. O acidente foi registrado a 30 km de Cáceres, no início da tarde, no km 696 da BR-070. Ao G1,  a PRF informou que o homem viajava de Vilhenacom a esposa de 26 anos, além de dois filhos de 8 e 4 anos. A batida entre os dois veículos ocorreu em um trecho da serra considerado perigoso, com alto número de acidentes.

Conforme a polícia, chovia muito no momento do acidente e o condutor teria perdido o controle do veículo, vindo a bater de frente com o caminhão. A mulher e as duas crianças foram socorridas com vários ferimentos e em estado gravíssimo até o Hospital Regional de Cáceres.

O motorista do caminhão não teve nenhum ferimento. Segundo a PRF, a pista ficou totalmente interditada até 15h45 [horário de Mato Grosso] e gerou uma fila de veículos com mais de sete quilômetros. O casal e as crianças são moradores da cidade de Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá.

A vítima Otoniel Costa Souza, é filho do Pastor da Igreja Assembleia de Deus da Madureira, Francisco de Paula.

1579706_10202637808043560_1401697456_n-300x300

caceresacidentefamilia620x465_2

Fonte: G1 MT

Fotos: G1/Facebook

 

dengue 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO