dengue 728×90 – 2

drogasAumentou em mais de 20% o número de apreensões de drogas no ano de 2013, em Vilhena (RO), de acordo com o delegado regional Fabio Campos. Em 2012 foram apreendidos 501 quilos de maconha e cocaína, já em 2013 foram aprendidos 636 quilos. O delegados explica que a maior parte das drogas apreendidas é maconha. “Em 2013 houve um aumento do tráfico de maconha no estado. Isso acontece porque aqui em Rondônia a droga é mais valorizada e também porque a cidade de Vilhena é a entrada do estado”, explica.

De acordo com Campos, a maconha geralmente é trazida do Paraguai e dos estados do Paraná, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, mas em 2013 houve um aumento da droga vinda do estado do Mato Grosso.

Campos explica que geralmente a maconha é apreendida entrando no estado, já a cocaína é apreendida na saída. Quanto as apreensões, de acordo com o delegado, elas ocorrem de várias formas. “As apreensões envolvem tanto denúncias anônimas quanto o trabalho de inteligência e também a parceira entre a polícia civil dos municípios”, explica.

Para transportar a droga, segundo Campos, são contratados caminhoneiros e também pessoas comuns, mas a cada ano vem aumentando o número de mulheres envolvidas. “Não há uma estatística, mas há um número considerável de mulheres envolvidas com o trafico de drogas, geralmente inseridas nesse meio pelos parceiros”, diz. Após apreendida a droga, assim que autorizado judicialmente, é incinerada.

Apreensões

O ano de 2013 foi marcado por grandes apreensões de droga em Vilhena. Em novembro um caminhoneiro foi preso transportando 170 quilos de maconha. A Polícia Civil recebeu uma denúncia anônima e ao conferir a mercadoria do caminhão encontrou a droga. A droga era trazida do estado do Mato Grosso do Sul e seria levada para Ouro Preto do Oeste (RO).

Em dezembro, a Polícia Rodoviária de Vilhena (PRF) apreendeu mais de 250 quilos de droga (maconha). Dois homens foram presos e dois veículos apreendidos, um deles furtado. A droga vinha da cidade de Campo Grande (MS) e seria distribuída no estado de Rondônia.

A pena para o trafico de drogas é de 5 a 15 anos de prisão, já para associação ao tráfico é de 3 a 10 anos.

 

Fonte: Extra de Rondônia

Texto: Luane Sena (G1)

Foto: Ilustração

dengue 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO