Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Estamos em guerra 468×60

donas de casasA empresária Lauréte Longo, que é mulher do vice-prefeito de Chupinguaia, Zumiro Sartor (PP) iniciou, em parceria com um grupo de moradoras do Distrito de Novo Plano, um trabalho social que tem como objetivo, inicialmente, arborizar as principais ruas e avenidas do distrito. De acordo com as mulheres os trabalhos começaram no início desta semana e a primeira ação é o plantio de árvores.

Lauréte diz que a arborização do distrito trará inúmeros benefícios à população; desde bons resultados à saúde, bem como o melhoramento do visual das ruas. “Já foi o tempo em que as pessoas só se importavam com o asfalto. Hoje desejamos um planejamento autossustentável, onde as ruas possam ter árvores. Fazemos parte da natureza e a árvore está relacionada com a nossa qualidade de vida”, acredita.

A empresária contou, ainda, que são muitos os pontos negativos em um meio urbano que não conta com arborização. Dona Lauréte explica que o aumento da temperatura, bem como a baixa umidade do ar, poluição e diminuição de sombras, são os principais problemas acarretados pela falta de árvores em uma comunidade.

A aliança tem dado certo e agora o grupo de mulheres pede para que cada morador do Distrito de Novo Plano contribua com a iniciativa, plantando pelo menos uma árvore. “Nós vamos nos reunir várias vezes ao mês em mutirão para cuidar das plantas e ajudar em qualquer outro tipo de problema social, independentemente de qual seja”, garantiu Lauréte Sartor.

O próximo projeto do grupo é iniciar uma verdadeira campanha de combate à Dengue e ao caramujo africano. “Juntos conseguiremos nos livrar das pragas e insetos, e ainda manteremos nosso distrito arborizado”, defende a líder do grupo feminino.

 

Fonte: Extra de Rondônia

Texto: Rômulo Azevedo

Foto: Divulgação

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO