Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Estamos em guerra 468×60

faca-211O fato aconteceu na madrugada desde sábado, 11, por volta das 01h20, no bairro Cristo Rei, em Vilhena.

De acordo com informações colhidas pela reportagem do Extra de Rondônia, a Central de Operações da Polícia Militar, recebeu informação que na Rua 1505 esquina com a Avenida Curitiba, havia um homem caído todo ensanguentado.

De imediato uma guarnição foi até ao local e constatou a veracidade da informação. A vítima identificada como Marcos de Moraes, 39 anos, foi socorrida ao pronto socorro do Hospital Regional, onde passou por procedimentos médicos e foi constatado que ele havia sido atingido por onze golpes de faca tipo peixeira.

Marcos relatou a polícia que estava caminhando pela Rua 1509, quando foi abordado por dois elementos, um deles puxou a faca e começou a golpea-lo, sendo que um dos golpes acertou sua cabeça, com isso a faca quebrou, os agentes se desfizeram da arma do crime próximo ao local e fugiram tomando rumo ignorado.

A vítima ainda disse que os agressores eram conhecidos pelo apelido de “Carrerinha e Porcão”. Em patrulhamento pela região os militares localizaram Edmilson Prates Eliziario, 24 anos, vulgo “Carrerinha”, onde a princípio negou o crime, mas uma foto do suspeito foi levada até a vítima onde afirmou ser ele um dos autores de tentar contra sua vida.

Diante dos fatos o acusado foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil e apresentado às autoridades de plantão.

Edmilson Prates Eliziario,
Edmilson Prates Eliziario, “Carrerinha”, foi detido e acusado pelo crime.
Num dos golpes a faca acertou a cabeça da vítima e quebrou.
Num dos golpes a faca acertou a cabeça da vítima e quebrou.

 

Fonte: Extra de Rondônia

Texto e Fotos: Carlos Franco

 

 

 

 

 

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO