dengue 728×90 – 2

trator limpezaCom o objetivo de evitar a proliferação de insetos causadores de doenças, a Prefeitura tem realizado a limpeza em alguns terrenos baldios de Vilhena.

O trabalho é desenvolvido através da Divisão de Endemias e da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp). Reportagem neste sentido foi publicada pelo Extra de Rondônia semana passada, o que chamou a atenção das autoridades locais.

O secretário municipal de Obras, Elizeu Lima, explicou que quando há riscos para a saúde pública, com propagação de caramujos ou foco de dengue, por exemplo, a Divisão de Endemias entra em ação notificando o proprietário. Um prazo é estipulado para que o terreno seja limpo.

Quando a limpeza não acontece por parte do dono, a Semosp é acionada e realiza o trabalho. O serviço, que é na realidade obrigação do proprietário, gera custos para o município. “Por isso, o dono que não faz a limpeza acaba tendo que pagar multa e ainda cobramos o serviço junto com o IPTU”, explicou Lima.

Lima explicou que, por outro lado, o município tem buscado manter limpos os terrenos públicos. Nesta segunda quinzena de janeiro a limpeza está sendo realizada nas proximidades das escolas municipais, por causa da volta às aulas. Paralelamente, o serviço também tem sido executado nos bairros onde há notificação. Uma equipe com maquinário está designada esclusivamente para esse trabalho, com o objetivo de agilizar o atendimento.

>>> Leia mais a respeito do assunto no link abaixo:

Terrenos baldios causam transtornos a vilhenenses

Texto e Foto: Assessoria

dengue 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO