Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Para Vitório Abrão, Melki deveria recorrer da decisão da Justiça
Para Vitório Abrão, Melki deveria recorrer da decisão da Justiça
Estamos em guerra 468×60

O ex-prefeito de Vilhena, Vitório Abrão, visitou a redação do Extra de Rondônia na manhã desta sexta-feira, 24, e durante a conversa opinou a respeito da substituição dos nomes das escolas municipais que homenageiam os pioneiros da família Donadon.

Segundo ele, esse assunto não diz respeito ao Ministério Público (MP), e sim à Câmara de Vereadores, que referendou as intitulações.

O ponto de debate que Vitório propõe é a autonomia dos poderes no município. “A Câmara de Vereadores é quem tem autonomia para mudar os nomes. Se houvesse necessidade que revogasse a lei que ela mesma criou, o MP não tem que pedir nada nesse sentido. A Câmara tem que se fazer respeitar”, opina o ex-prefeito.

Quanto ao posicionamento do líder da família Donadon, Melki Donadon (PTB), Vitório disse que discorda da sua postura. “Ele não deveria ficar quieto. Independentemente dos nomes das escolas ele, como qualquer outro cidadão, tem o direito de opinar e ir até às instâncias superiores, pois a sentença cabe recurso”, diz.

Vitório relembrou que durante sua administração foi proposto o uso do nome de sua mãe, Regina Polezel Abrão, em uma escola municipal. “Eu fui contra. Não queria o nome da minha família em instituições públicas. Esse tipo de homenagem tem que ser dada pelo povo através da Câmara. Apesar de ela merecer, não aceitei”, relembra, acrescentando que seu pai fora pioneiro no ramo da agricultura em Vilhena, e construiu o primeiro hospital  da cidade, batizado como Santa Regina.

A opinião do ex-prefeito de Vilhena vai além quando diz que o Secretário de Educação, José Carlos Arrigo, se precipitou ao arrancar os nomes das escolas sem que o processo circule por todas as instâncias. “Essa precipitação dá um ar de perseguição política”, acredita.

 

 

Fonte: Extra de Rondônia

Texto: Rômulo Azevedo

Foto: Rômulo Azevedo

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO