dengue 728×90 – 2

coloniaNa tarde dessa sexta-feira, 7, foi realizada a abertura do ano letivo escolar na Colônia Penal de Vilhena.

A solenidade contou com a presença de vários detentos, professores, do diretor da unidade prisional, Fernando Viana, e outras autoridades locais.

As aulas, para os cerca de 60 detentos, terão início na próxima semana. O projeto “Educar para a o bem”, mantém turmas na Educação de Jovens e Adultos (EJA), nos turnos vespertino e noturno, informou o professor José Moscar.

Os professores do projeto são cedidos pela rede municipal e estadual de ensino. “É gratificante saber que iniciamos mais um ano letivo, dentro de um presídio, com tantos internos interessados nos estudos. Este é um bom sinal de que há uma preocupação por parte dos detentos com o futuro deles e com a reintegração social”, disse o diretor da Colônia Penal.

A professora Lisseia Oliveira explica que os penados que estudarem, além de obter uma perspectiva de mudança de vida, também ganham o benefício de sair mais cedo da prisão. Ela disse ainda que os detentos que estudam ou se qualificam profissionalmente têm a redução de um dia de pena a cada três dias de estudo.

Para Fernando, cursos profissionalizantes devem ser oferecidos para as presidiárias, conseguidos através de parcerias com empresas da cidade.

colonia 1

colonia 2

Texto: Extra de Rondônia

Fotos: Extra de Rondônia

dengue 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO