Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Estamos em guerra 468×60

 

esfaqueado-1Um policial militar, identificado como Frederico Carneiro (27), que trabalhava na segurança do bloco carnavalesco “Tô na Sul” na noite de sábado (08), foi atacado por um jovem de 19 anos na Avenida Jatuarana, zona Sul de Porto Velho, com uma facada no pescoço.

De acordo com informações da polícia, o policial estava na última fila quando foi atacado pelas costas por Renan Reis, que logo após a agressão tentou fugir, porém não conseguiu e foi detido onde recebeu ordem de prisão. Renan foi conduzido a Central de Polícia e não esclareceu a polícia o motivo da agressão. Frederico foi conduzido a emergência do Pronto Socorro do Hospital João Paulo II.

 

VANDALISMO E DEPREDAÇÃO

 

Já na madrugada deste domingo (09) logo após a passagem do bloco de carnaval “Tô na Sul” gangues rivais acabaram entrando em confronto na principal via da zona Sul da Capital, com brigas que se espalharam pela calçadas transformando o local num campo de batalha.

Policiais militares tiveram que intervir com bombas de efeitos moral para tentar dissipar a confusão dos mais exaltados. Isso não impediu que vândalos destruíssem fachadas de lojas e depredassem comércios, alguns ainda furtaram objetos e roupas.

Alguns suspeitos foram detidos e conduzidos a Central de Flagrantes.

esfaqueado-capa

Fonte: Rondôniaovivo

Fotos: Comando 190

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO