Esse é o Plano – 728×90
Maria José denunciou caso na tribuna da Casa de Leis
Maria José denunciou caso na tribuna da Casa de Leis

Mais uma vez, a vereadora Maria José da Farmácia (PDT) foi à tribuna da Casa de Leis, na sessão desta terça-feira, 18, para denunciar um caso polêmico que tem sido motivo de críticas de vários vilhenenses, principalmente, de mulheres. Trata-se do caso dos exames de mamografias feitos pela prefeitura em outubro passado, durante a campanha “Outubro Rosa”. Ou seja: passaram-se mais de 100 dias e até agora os exames não foram entregues.

Segundo a parlamentar, “o prefeito Rover e o secretário de saúde estão descumprindo uma Lei Municipal”. Ela se referia à Lei de número 2.371, aprovada pelo Legislativo no dia 17 de março de 2008 (FOTO ABAIXO), a qual estabelece “prazo de 10 dias para entrega de exame de mamografia” a contar da data de realização do exame. O autor da Lei foi o vereador Carmozino Alves, ex-taxista. O parágrafo único da Lei frisa ainda “o fiel cumprimento do artigo”. Maria José avaliou isto como falta de respeito à dignidade das mulheres vilhenenses. “Para que fazer o exame se o laudo não será entregue?”, questionou.

Na tribuna legislativa, a vereadora lembrou o caso de uma vilhenense que teve que ir até Curitiba para realizar o exame e só retornou “no caixão”. “Peço ao prefeito e ao secretário que olhem com respeito e carinho a saúde  pública. E queremos que a Lei seja cumprida em Vilhena”, finalizou.

mamo LEI

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Rômulo Azevedo ( Extra de Rondônia)

Fhemeron 468x60px
Esse é o Plano – 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO