dengue 728×90 – 2
Escola obteve a segunda melhor nota do IDEB em Vilhena
Escola obteve a segunda melhor nota do IDEB em Vilhena

Há quase uma semana, os 420 alunos da Escola Estadual Marizeti Mendes de Oliveira, localizada no centro da cidade de Vilhena, estão sem aulas de educação física. O motivo: falta de professor.

Os pais estão revoltados e já foram até a sede da representação da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), no município, solicitar que um professor seja destinado para escola.

Segundo a diretora da unidade educativa, Oracira Godinho da Silva, o problema da falta do professor de educação física é antigo. Em 2013, por exemplo, os alunos ficaram um semestre sem aulas. “Este ano, nós tínhamos um professor, mas foi transferido para outro local. A orientação da Seduc é que outro professor assuma a disciplina e ministre aulas de recreação, mas os pais não aceitam e querem um profissional habilitado em educação física”, explicou Godinho.

Ela afirmou que, no último sábado, 15, uma reunião foi realizada na escola com cerca de 300 pais para discutir o problema. “Os pais são muitos participantes e estão aguardado a resposta da Seduc para resolver o problema. Eles até fazem fila para conseguir matricular seus filhos e, consequentemente, querem que o Estado ofereça uma educação de qualidade”, salientou.

Em tempo, a diretora fez questão de destacar que a escola Marizeti Mendes de Oliveira obteve a segunda melhor nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) em Vilhena, atingindo o percentual de 5,8.

A diretora, Oracira Godinho da Silva, diz que o problema da falta do professor de educação física é antigo
A diretora, Oracira Godinho da Silva, diz que o problema da falta do professor de educação física é antigo

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

dengue 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO