Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Estamos em guerra 468×60

 

-1O fato acorreu na tarde desta quarta-feira, 26, por volta das 14h00, no bairro Jardim América, em Vilhena.

O acusado até o momento pela tentativa de homicídio foi identificado como Silvanil Gomes de Oliveira, 44 anos. Ele atirou contra a vítima, Lucas Henrique Gonçalves de Souza, 18 anos. O motivo: desavença por causa de uma dívida de dois dias e meio, que ele trabalhou para Lucas, como servente de pedreiro.

“Eu trabalhei numa obra como servente para ele, e não me pagou; me destratou e ameaçou com um pedaço de pau, quebrou minha bicicleta, e disse que não ia acertar comigo; então fui até minha casa, peguei meu revólver e fui atrás dele. Mas minha intenção não era atirar nele, e sim assustar e forçar que me pagasse”, disse o acusado.

Até o momento, a informação é que a vítima está em estado gravíssimo, pois teria levado três tiros na cabeça. Silvanil foi preso logo após o crime em sua kitinete, localizada há três quadras do local onde tentou contra a vida do pedreiro.

 

Silvanil, acusado do crime.
Silvanil, acusado do crime
Revólver utilizado na tentativa do homicídio.
Revólver utilizado na tentativa de homicídio

Fonte: Extra de Rondônia

Texto e Fotos: Carlos Franco

 

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO