dengue 728×90 – 2

 

cheia-capaO Rio Madeira continua subindo e a previsão é de que suba ainda mais no mês de março, na aferição realizada nesta sexta-feira, 28, pela Agência Nacional de Águas às 07h15 a cota da cheia chegou a marca de 18,61m.

Em vista do aumento do nível ruas do centro de Porto Velho que estavam sob risco de alagações já amanheceram cobertas de água, tornando o tráfego no centro ainda mais congestionado e problemático. Na rua José Alencar com a rua Almirante Barroso, a água já está cobrindo a pista. Regiões próximas como o Mocambo e Areal em muitas áreas o tráfego está interrompido e a Secretaria Municipal de Trânsito (Semtran) com auxílio da Polícia de Trânsito já bloquearam e estão orientando os motoristas a seguir outros itinerários em vias próximas.

Ontem o prefeito Mauro Nazif decretou estado de calamidade pública, diante do cenário caótico que atingiu principalmente distritos e regiões ribeirinhas do Baixo Madeira – como São Carlos e Nazaré, tomadas pelas águas.

A Defesa Civil do Município já contabilizou mais de 2 mil famílias desabrigadas e desalojadas.

A BR 364, no quilômetro 800, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) interrompeu o tráfego de veículos devido a situação crítica em que se encontra a rodovia, próximo a ponte sobre o rio Jacy Paraná. Com isso o Estado do Acre está isolado via rodoviária. A medida é preventiva e só foi decidida após uma vistoria criteriosa do chefe do Dnit, Antônio Gurgel do Amaral.

As cheias atingem além de Porto Velho, os municípios de Rolim de Moura, Guajará-Mirim e Nova Mamoré.

Fonte: Rondoniaovivo

 

dengue 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO