dengue 728×90 – 2
Parlamentares registram a precária situação da escola Vital Brasil
Parlamentares registram a precária situação da escola Vital Brasil

Os vereadores Valdinei Espíndola, o “Caverinha” e Wilmar José Cardoso, o “Bagunça”, argumentando exercer a função de fiscalizadores aos atos do Executivo, denunciaram a situação de uma escola no município de Corumbiara.

No início de janeiro, os parlamentares foram até a escola Vital Brasil, onde registraram em fotos a situação da unidade escolar. Os edis afirmam, em mensagem enviada ao Extra de Rondônia, que o descaso com o patrimônio público governa na administração municipal. “É uma vergonha aos profissionais e alunos frenquentarem o local, que não oferece estrutura e segurança nenhuma”, avaliam.

Os parlamentares alegam que, ao chegar à escola, encontraram as janelas quebradas, pisos esburacados, portas quebradas, banheiros em péssimas condições, ventiladores oferecendo riscos, rede elétrica com gambiarras, telhas quebradas, pátio esburacado, bebedouros com gambiarras, além de carteiras e cadeiras em estados precários.

Eles informaram que conversaram com o secretário municipal de educação, a respeito da precariedade no setor educativo, e obtiveram como resposta a apresentação de uma planilha, feito em outubro de 2013, constando os serviços de reforma da escolas municipais para este ano. “Sei que sou criticado por fazer o meu trabalho, mas vou continuar isto, pois fui eleito para defender os interesses da população”, ponderou “Caverinha”.

O vereador, na mensagem, questionou uma festa realizada pela prefeitura, no final de 2013, quando o Executivo gastou – segundo ele – R$ 45 mil. “E o pior de tudo isso, é que o dinheiro para a festa saiu da Educação. Nada contra, apenas que é um gasto desnecessário”, finalizou.

escola 2

 

escola 1

Texto: Extra de Rondônia

Fotos: Arquivo Pessoal

dengue 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO