Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Estamos em guerra 468×60

 

roubo-capaO fato aconteceu na tarde deste sábado, 1, por volta das 13h00, na linha 155, Estância Asteca, zona rural, há 35 quilômetros de Vilhena.

De acordo com informações repassadas pela vítima Arno Pereira, ele estava em sua casa descansando quando um homem bateu palma na porteira, com isso ele foi atender, mas assim que chegou ao portão o elemento sacou uma pistola e anunciou o assalto.

Um comparsa que estava escondido apareceu, e junto com o agente levaram o agricultor para dentro da residência, onde renderam dois empregados que estavam trabalhando nos fundos.

A dupla usando de violência chutou por várias vezes as costas das vítimas e a todo o momento falavam em atirar, fazendo pressão psicológica.

As vítimas foram amarradas com cordas, e os ladrões carregaram o que puderam na carroceria e dentro da cabine de uma caminhonete Hilux pertencente ao fazendeiro. Em seguida trancaram a casa e fugiram.

Após perceberem que os bandidos haviam ido embora, conseguiram se desamarrar e foram até um vizinho onde ligaram para a Polícia Militar, que rapidamente foi até ao local.

Porém, o veículo possui sistema de rastreador via satélite, onde a vítima acionou a empresa TK Rastreadores, que de imediato localizou o carro na BR-364, e acionou o sistema de abordagem, fazendo com que a caminhonete parasse. Todavia, os bandidos abandonaram o automóvel e continuaram a fuga a pé, levando apenas as armas.

A vítima falou aos militares que havia percebido que um carro Fiat Uno de cor azul muito sujo passou por várias vezes na parte da manhã em frente da fazenda. A informação foi repassada a todas as viaturas; com isso uma guarnição que fazia ronda pela Rua José Roberto Garcia, bairro Embratel, avistou no quintal de uma casa um carro semelhante.

Ao proceder à abordagem ao local suspeito, dois elementos empreenderam fuga pulando o muro, mas dois homens foram capturados. Além do Fiat Uno também estava no local outro veículo um Ford Ka de cor preta com placa de Cuiabá.

Em revista ao local foi encontrada uma espingarda, no qual havia informação que seria idêntica à roubada na fazenda e a pistola que os agentes teriam usado para efetuar o roubo.

Diante dos fatos, os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil e identificados como Roberval Oliveiras Santos, 32 anos, mais conhecido como Cowboy e Weberson Sega, 20 anos. Eles foram apresentados às autoridades de plantão para providências cabíveis.

roubo-1

roubo-2

roubo-3

roubo-4

roubo-5

caminhonete-1

caminhonete-2

Fonte: Extra de Rondônia

Texto e Fotos: Carlos Franco

 

       

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO