Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Estamos em guerra 468×60

 

imagesNa manhã de sexta-feira, 07, a Polícia Militar de Colorado do Oeste, deteve uma dupla que tinha em posse objetos relacionados a ocorrências policiais de várias cidades de Rondônia.

Os suspeitos foram identificados como Rodrigo do Nascimento Silva, 26 anos, e Dejiene Santana, 29 anos, ambos de Porto Velho.

De acordo com informações do boletim ocorrência, nesta sexta-feira, um policial militar que estava de folga foi questionado pelo suspeito, que conduzia um veículo Fiat Strada, se havia uma rota para chegar a Vilhena sem passar pelo posto da Polícia Rodoviária Estadual.

Devido a esta atitude, o policial comunicou a Central de Operações da PM, que alertou todas as guarnições de plantão. Com isso, o veículo foi localizado no estacionamento de um supermercado pelas guarnições compostas pelo cabo PM Altivo e os soldados PM Albertasse, Andrade, Escofiel, Pietrangelo e Couto.

Rodrigo estava no assento do motorista do veículo e ao ser abordado constatou-se que ele não portava os documentos do veículo, nem carteira de habilitação ou qualquer documento pessoal.

Ao ser questionado, ele informou que acompanhava Dejiene. A suspeita, ao perceber a polícia, tentou sair por uma porta lateral do mercado, mas foi abordada pela guarnição. A mulher carregava produtos comprados no mercado, mas em sua bolsa havia vários outros produtos do mesmo estabelecimento sem nota fiscal, que esta confessou que eram furtados.

A polícia constatou que Dejiene tentou esconder vários cartões de crédito no caixa do supermercado. Porém, os suspeitos foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil (DPC), onde com apoio do núcleo de inteligência da PM (NI) e da Polícia Civil, descobriu-se que a dupla já possui antecedentes criminais e que os cartões eram produtos de furto.

Ao revistarem o veículo, foi encontrado um cheque no valor de R$ 11.800,00 da Caixa Econômica Federal (CEF) que os suspeitos não conseguiram informar claramente a procedência, além de comprovantes de depósito também da CEF.

Com a acusada também havia um RG, que ela afirmou ser de seu esposo, que está preso em Porto Velho por tráfico de drogas. Os cartões de crédito estão ligados a ocorrências policiais de Ariquemes, Ji-Paraná e Jaru. Também havia um cartão Bradesco Seguros Internacional Visa em nome de Marta Rosa que não possuía registro de ocorrência. Os suspeitos e os objetos foram entregues na DPC para providências, onde ambos foram autuados em flagrante delito por furto qualificado e Rodrigo indiciado por dirigir sem habilitação. A polícia ainda está investigando a origem do veículo usado pelos suspeitos.

Fonte: Extra de Rondônia

Texto: Da Redação

Foto: ilustrativa 

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO